Fabio Fragozo

Artista plástico carioca – nascido e criado na Cidade de Deus, o artista Fabio Fragozo descobriu sua arte no começo do século e desde 2004 passa os seus dias pintando suas obras de arte no estilo naïf.

Conheça todas as obras do artista Fabio Fragozo

Conheça um pouco da trajetória do artista

Enquanto terminava o ensino médio no colégio Pedro Aleixo, Fabio Fragozo teve seu primeiro contato com a arte em 2004.

Nos intervalos das aulas, Fragozo frequentava a casa de um amigo que morava perto – um artista plástico que atualmente mora na Bélgica. Na época o amigo estava sempre pintando e um dia lhe disse:

“Fica aí, Fabio! Eu tenho alguns quadros para entregar mas vai pintando nessa tela aqui pra se distrair.”

– disse o amigo, enquanto entregava uma tela em branco pra ele.

Meio sem entender, Fragozo demorou alguns dias até criar coragem e, de fato, pintar uma das telas.

fabio-fragozo-ipanema

Sua primeira pintura foi aquele famoso coqueiro torto que tem na Praia do Aventureiro, lá em Ilha Grande, junto com um ‘chalézinho’.

Dia seguinte, ao chegar na casa do artista, Fabio ficou surpreso em saber que sua tela tinha sido vendida. E seu amigo artista lhe deu um dinheiro referente a essa venda.

Fragozo ficou em êxtase, perdeu o ar por meio segundo e naquele instante percebeu que poderia ser remunerado por algo que ele fez sozinho, do zero.

E olha que essa primeira tela foi pintada sem nenhuma ajuda do amigo artista, nem sequer aquela dica básica de diluir a tinta, eram “só borrões” como o próprio Fragozo descreve.

Novamente o amigo pegou duas telas em branco e deu para o Fragozo pintar sem qualquer orientação. E a história se repetiu, as duas telas tinham sido vendidas.

No dia seguinte o artista Fabio Fragozo recebeu quatro telas em branco do amigo, pintou todas e, em 24h, as quatro telas foram vendidas.

Depois dessa nova venda, o amigo já disse para o Fragozo usar o dinheiro recebido para comprar o material necessário para fazer novas telas.

Chegando o final de semana, Fragozo já tinha umas 10 telas pintadas e o amigo disse que o levaria na feira lá em Copacabana.

“Aí irmão… o mundo ficou pequeno. Na Cidade de Deus as meninas só olhavam para quem tinha moto e fuzil. E lá na Zona Sul as meninas olhavam para quem tinha arte. Eu tinha arte, então me tornei bonito.”

Fabio Fragozo

Na feira as pessoas olhavam as telas, olhavam para a cara do Fragozo e diziam: – “É você quem pinta essas telas? Cara, você é f@d@. Continua fazendo isso que você manda muito bem…”

Sem contar aqueles que nem acreditavam que “esse cara” era quem pintava “aquelas telas”. Mas aos poucos o artista foi ganhando credibilidade e visibilidade na feira.

Certa vez, Fragozo foi abordado por um turista Espanhol, artista plástico e ex-prefeito de Valença. Ele comprou todas as telas, eram 25, e encomendou mais quatro.

Um ano depois, ele mandou um carta-convite espanhola para o Fabio, com passagens aéreas e estadia. Era para uma exposição em Bruxelas de artistas latino-americanos, representando o Brasil.

Assim nasceu o grande artista naïf Fabio Fragozo.

News Semanal

Cadastre-se para receber novidades e obras de arte exclusivas.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

VOCÊ GANHOU 10% off na sua primeira compra 🙌

Preencha os campos para receber o cupom, agora mesmo, direto no seu email. Aproveite!

Clicando em “OK! Entendi.”, você aceita o armazenamento de cookies no seu navegador para melhorar a navegação pelo site, análise de utilização do site e também auxiliar em nossas práticas de marketing. Ao navegar pelo site, você autoriza a Camaleons.Art a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Veja nossos Termos e Condições de Uso.